Vizinho do Lado

Casas tão juntinhas
Mundos separados
Não conheço meu vizinho da frente
Muito menos o que mora ao lado

Se precisar não sei o nome
Nem como devo chamá-lo
Perguntou quem era eu
Aquele dia no mercado

Na era da internet
E dos planos ilimitados
Parece a maior era
Dos humanos desconectados

Ainda podemos fazer diferente
Até melhor que no passado
Mas essa é a realidade
De quem mora em São Paulo

predios.jpeg